O que é Conjuntivite?


O que é a conjuntivite?

A conjuntivite, como diz o próprio nome, é uma inflamação da conjuntiva, membrana transparente e fina que reveste a parte da frente do globo ocular e a interior das pálpebras e que é bastante irrigada pelo sistema circulatório. Pode atacar um ou os dois olhos e tem como etiologia os agentes infecciosos (como diversos tipos de vírus, bactérias e fungos), irritações químicas (poluição do ar, perfumes, etc) ou até mesmo o pólen das flores (no que é conhecido como conjuntivite sazonal). No caso de infecções virais pode também ser chamada de conjuntivite aguda.

olhos

Os principais sintomas

Quando a conjuntiva se inflama existe um aumento da irrigação local (que é uma resposta normal do organismo), deixando a região com aspecto avermelhado, sendo este um dos principais sintomas notados. Além disto, é também comum ocorrer: lacrimejamento, sensação de areia nos olhos, “colamento” das pálpebras ao acordar. A conjuntivite viral, causada pelo Adenovírus, pode ser acompanhada também por sintomas inespecíficos, como febre, dores de garganta e dor no corpo. As infecções virais são transmitidas com bastante facilidade, pelo contato com mínimas quantidades de secreções que contenham o vírus causador da inflamação. O processo geralmente se inicia em um olho, mas, em 24 a 48 horas, tende a atingir também o outro olho.

Tratamentos

No caso da conjuntivite viral não existe um tratamento específico, pois se trata de uma doença auto-limitante, ou seja, que será curada de forma espontânea no prazo de sete a dez dias. Em casos onde exista a presença de febre pode-se utilizar antitérmicos. No caso de conjuntivite bacteriana é necessário o uso de colírios com antibióticos no tratamento. Já as causadas por alergias são mais facilmente controladas, bastando cortar ou minimizar ao máximo o contato entre o indivíduo alérgico e o agente agressor.
É essencial que a pessoa com conjuntivite procure um oftalmologista, pois, nem sempre os olhos vermelhos são a confirmação de um quadro da inflamação, pois se trata de um sintoma inespecífico. Além disto, confirmando-se o quando de conjuntivite, o especialista deverá apurar qual a causa e proceder ao correto tratamento, quando necessário.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*