Como Perder Barriga e Emagrecer


O sobrepeso assusta o mundo

A obesidade e o sobrepeso estão deixando de ser um problema individual e tornando-se um problema de saúde que atinge milhões de pessoas em todo mundo. Aliado a estes problemas estão dois fatores primordiais: a má alimentação e o sedentarismo. O fator mais agravante é que, junto com estas duas situações podem vir diversos outros agravantes, tais como: hipertensão, diabetes, problemas metabólicos, artrites, colesteremia, etc.

barriga

Como perder e barriga e emagrecer de forma saudável

O organismo tende a acumular gorduras quando a ingestão das mesmas é maior do que a taxa de queima para a geração de energia para o funcionamento do corpo. E, um dos locais que mobilizam grande concentração destas moléculas é o abdômen, que comumente denominamos de barriga. A energia utilizada pelo organismo é denominada de ATP e uma molécula de gordura, quando completamente metabolizada, fornece uma grande quantidade desta energia, fazendo com que a queima desta gordura seja lenta. Além disto, não somente as gorduras são utilizadas pelo corpo para a produção de energia: os açúcares (como a glicose) são as moléculas primeiramente utilizadas para esta finalidade. Por isso ouvimos tanto aquele ditado de que é fácil engordar e difícil emagrecer.

Para perder peso de uma forma saudável é essencial seguir uma regra básica: reeducação alimentar. Não adianta o indivíduo cortar drasticamente a quantidade de alimentos ingeridos ou recorrer a produtos químicos e farmacêuticos. Uma correta alimentação, realizada em intervalos adequados e com produtos e quantidades balanceados é primordial para o sucesso de uma dieta. Além disto, a junção da alimentação com a atividade física faz com que a pessoa perca o hábito sedentário e emagreça de forma mais correta e equilibrada.

Perder a barriguinha não é uma tarefa fácil, pois se trata de uma gordura localizada. Para ajudar no processo, podem ser feitos exercícios específicos para a região, como as abdominais, dos mais diversos tipos, que atuam na queima de gorduras e hipertrofia da musculatura da região. Comprovadamente terapias estéticas como massagens e drenagens linfáticas auxiliam na redução de medidas nesta região do corpo. Para casos corretivos, muitas pessoas recorrem à lipoaspiração, mas, devido se tratar de um procedimento cirúrgico, o mesmo apresenta riscos à pessoa que se submete a este tipo de tratamento (como infecções, reação à anestesia, dentre outros).

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*