2 Via RG


2 Via RG – O Registo Geral (RG) é o documento que possibilita a identificação de todo e qualquer cidadão no Brasil. Em caso de perda ou extravio desse documento, saiba que pode tirar uma segunda via do mesmo nas dependências do sistema Poupa Tempo na sua cidade. 

Como proceder

poupa-tempo

Como é natural – e devido à afluência de pessoas nas dependências do sistema Poupa Tempo –, tirar uma segunda via do RG implica que o cidadão interessado faça um agendamento prévio. Nessa lógica, em cada cidade o agendamento é realizado de acordo com procedimentos distintos, cabendo ao usuário informar-se sobre as especificidades locais.                                                                                                                                                                                                                                No caso de São Paulo, o sistema de agendamento funciona mediante a marcação de um dia e hora específicos via internet ou presencialmente no próprio posto. Uma vez que este quesito se encontre validado, o utilizador deverá comparecer na data marcada com uma antecedência de 15 minutos e retirar uma senha para atendimento.

Documentos necessários

Na hora de fazer a segunda via do RG é necessário conferir a documentação alocada ao mesmo, a saber:

  • 2 fotos 3×4 (idênticas e recentes);
  • Certidão de nascimento (original e cópia) – no caso das pessoas casadas, a certidão de nascimento é válida somente para quem não realizou alterações ao seu sobrenome a título do casamento;
  • Certidão de casamento (original e cópia) – que deverá ser apresentada pelas pessoas que, em razão do casamento, alteraram o seu sobrenome;
  • Certidão de casamento averbada (original e cópia) – respeitante às pessoas que procederam a alterações no seu sobrenome por conta de separação ou divórcio.

Caso os cidadãos em questão não tenham consigo a certidão original, é possível a sua substituição mediante a apresentação de uma cópia autenticada.

No caso dos menores de 16 anos que pretendam tirar o RG, é necessário que os mesmos se façam acompanhar por um dos seus responsáveis legais – mãe, pai, tutor, guardião (…) – que, por sua vez, tenham consigo o documento de identidade original. No caso dos menores de 16 anos que sejam cansados ou emancipados, não existe obrigatoriedade de autorização do responsável legal.

Comments are closed.