Você está aqui: Capa » Ensino » Sócrates Principais Idéias

Sócrates Principais Idéias


Sócrates é um dos grandes filósofos da humanidade porque questionou os valores e fundamentos da natureza humana. A maior contribuição de Sócrates e suas principais ideias para a filosofia foi justamente utilizar a razão como objeto de análise, a partir da investigação do comportamento dos homens em vez de fatores externos, tais como a origem do universo e outras coisas relacionadas a este.

Origem e morte de Sócrates

Acredita-se que o filósofo nasceu em 469 a.C., nas planícies do monte Licabeto, localizado perto de Atenas, na Grécia. Sócrates era filho de um escultor e de uma parteira. Durante a infância, Sócrates vivia em uma família humilde, tanto que auxiliou o pai em seu trabalho. Quando era jovem, Sócrates serviu no exército contra Esparta na Guerra do Peloponeso e depois voltou para sua cidade natal, onde se casou e teve filhos.

Após o restabelecimento da democracia em Atenas em virtude da vitória de Esparta depois da Era dos Trinta Tiranos, Sócrates foi julgado por ter desrespeitado os deuses e corrompido a juventude. A condenação de Sócrates serviu para provar que seus inimigos eram tão numerosos quanto seus admiradores e seguidores. Por ser uma figura polêmica, o filósofo gerava controvérsia por onde passava. Apesar de ter sido  condenado à morte, ele aceitou sua sentença sem resistência.

Principais ideias filosóficas de Sócrates

Quando percebeu sua vocação, Sócrates tornou-se discípulo dos filósofos Anaxágoras e Arquelau. No entanto, as limitações inerentes à época estimularam Sócrates e encontrar uma nova maneira de conhecimento, o que incentivou a ação de muitos críticos, que costumam considerar o filósofo como um herege. Porém, tais posições negativas eram combatidas por meio de demonstrações de como as crenças tradicionais estavam equivocadas.

Um dos questionamentos de Sócrates estava ligado à ideia sofista de que a virtude podia ser ensinada. O filósofo pensava que a excelência moral era caracterizada pela inspiração e não pelo parentesco.

Uma das ideias de Sócrates era a noção de que o espírito crítico era muito importante, bem como a compreensão de que reconhecer a própria ignorância era o primeiro passo para o conhecimento.

O autoconhecimento era tão importante para Sócrates que o pensamento “Conheça-te a ti mesmo”, escrito no templo de Apolo, era o que norteava suas atitudes. De acordo com o filósofo, o autoconhecimento levava a ações com mais chances de gerar felicidade.

No que diz respeito à ética, Sócrates propagava a ideia de que o mal era mais prejudicial a quem o cometia do que às vítimas das ações ruins, as quais ocorriam em decorrência da ignorância. Logo, o filósofo acreditava que a integridade moral era a própria recompensa.

Método de Sócrates

Sócrates acreditava que sua missão era propagar a ignorância do ser humano em relação à natureza de questões morais, como justiça, bondade e coragem. O método do filósofo consistia em uma abordagem a pessoas sobre esses assuntos. O filósofo tinha o hábito de fazer perguntas como “o que é o amor?” ou “o que é a coragem?” e avaliar as limitações de cada resposta, a fim de compreender as características em comum entre as respostas, no lugar de apenas tentar encontrar definições limitadas.

O método de ação de Sócrates era inédito até aquele momento, ficando conhecido como dialética. Além de entender os pensamentos dos outros a respeito dos temas questionados, Sócrates utilizava contra-argumentos para deixar as pessoas sem respostas. Essa forma de provocação partia do princípio filosófico de que até mesmo os sábios se confundiam porque se baseavam em convenções e não raciocinavam por conta própria, levando em consideração suas opiniões, seus valores e suas atitudes.

Inicialmente, Sócrates recorria à dialética negativa, em que usava a razão para acabar com argumentos confusos e equivocados. Em seguida, o filósofo passou a utilizar a dialética positiva, ou seja, a técnica que realçava o valor real das proposições restantes.

Por fim, é importante relatar que Sócrates tinha os chamados paradoxos socráticos, que eram posições éticas que iam contra o senso comum da época. É o caso dos seguintes pensamentos: “a virtude é um conhecimento”; “ninguém faz o mal voluntariamente”; “as virtudes constituem uma unidade”; entre outros.

Agora que você conhece mais sobre Sócrates, deixe a sua opinião a respeito desse grande filósofo. Você concorda com as principais ideias de Sócrates? E o que você acha do método utilizado por ele para chegar aos resultados?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top